Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Link Facebook
Link Twitter
Youtube

Bordana levou produtos à mostra de moda sustentável em Paraty

Produtos confeccionados pelas associadas da Cooperativa de Bordadeiras e de Produção Artesanal do Cerrado Goiano (Bordana) ficaram expostos durante a segunda edição da “Mostra Paraty Ecofashion”, no último final de semana (14 a 16), no Rio de Janeiro. 


As peças fazem parte da coleção "Nas Asas do Bem-te-vi", desenvolvida pela cooperativa para dar início ao seu trabalho com vestuário e foram apresentadas por alunas do curso de Design de Modas, da Universidade Federal de Goiás (UFG). A ação integra o “Alfa Trall”, que é um projeto interdisciplinar que busca associar experiências curriculares com as vivências sociais e conta com a participação de 20 instituições de ensino superior (15 da América Latina e cinco da Europa). Ele foi iniciado com o curso de extensão “Educação Continuada para Comunidade de Bordadeiras Bordana”, oferecido às cooperadas da Bordana e alunas da UFG em parceria da universidade com o Senai, em julho deste ano. 


Durante a “Mostra Paraty Ecofashion” foram demonstrados vestidos, bata masculina, pano de prato, caderneta e marcador de página, todos decorados com bordados alusivos ao Cerrado, que é a marca registrada do trabalho da cooperativa. A presidente da Bordana, Celma Grace Oliveira, conta que o evento trata a moda por um viés sustentável. “Essa mostra é uma vitrine de visibilidade sustentável, no sentido amplo da palavra, englobando as causas sociais e ambientais. Além disso, as alunas apresentaram todo o contexto da criação e do trabalho desenvolvido na Bordana”, afirmou Celma ao explicar que a cooperativa trabalha ambos os aspectos. “A sustentabilidade social está presente em nosso projeto de inclusão social das cooperadas, desenvolvido por meio da participação econômica. E a preservação ambiental é uma preocupação demonstrada na própria ilustração do Cerrado nas peças, que remete à necessidade de preservação desse bioma, assim como no fato de não usarmos tecido com tintura que polui o meio ambiente”, afirmou a dirigente. Celma ainda conta que será lançada em breve a coleção exclusiva de vestuário da cooperativa. “Estamos esperando o resultado de Paraty para definirmos a data de lançamento da nossa coleção. Além das peças de vestuário que apresentamos lá temos outras novidades. Todas terão número limitado de produção e produção exclusiva”, adiantou.

Fonte : Portal OCB GO

Listar Todas Voltar